Abordagens integradas nas aulas de Física: possibilidades e desafios

EXEMPLO

O pêndulo gravítico simples e as notas musicais

Física 2012_Pedro_Afonso

Anúncios

Comentários a: "Utilização das Calculadoras Gráficas, CBL e CBR na Física" (2)

  1. Pedro, gostei muito do powerpoint e aliás é um bom material que aqui fica e a que outros poderão recorrer,penso eu! 🙂 Fique sem perceber qual era a sua proposta de trabalho, em termos do uso da internet, para além do uso dos sensores e da calculadora.

  2. Pedro Rosa Afonso said:

    Olá

    Em termos de uso da internet, no fundo era a tentativa de uma comunidade de aprendizagem, onde existiriam foruns de discussão acerca das atividades/problemas a solucionar, uma vez que para a resolução de um problema em concreto poderia ser apresentada uma metodologia distinta. Contudo a ideia seria sempre com recurso à utilização dos sensores e calculadora.

    Em suma seria uma comunidade de aprendizagem, através de um sistema de comunicação sobretudo assíncrono porque as postagens seriam fora das aulas, visando saber manusear a calculadora.

    Pedro Afonso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: